quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Zebras, porém campeões.


No início de 2013, poucos apostavam que Cruzeiro e Flamengo fossem campeões, mas de forma legítima, conseguiram o improvável.

Nas duas competições nacionais mais importantes, o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, “duas zebras” se sagraram campeões com muito merecimento. Sim, duas zebras, afinal, você apostaria mesmo que Cruzeiro e Flamengo conquistariam seus títulos antes das competições começarem?

Jogadores do Cruzeiro comemorando gol de Dagoberto
As duas equipes começaram o ano com certa desconfiança. O Cruzeiro contratou muitos jogadores, porém boa parte sem tanta expressão: Ricardo Goulart, Nilton, Éverton Ribeiro, entre outros jogadores que não tinham tanto reconhecimento e que foram responsáveis pela campanha perfeita do time no brasileirão. Hoje esses jogadores estão mais valorizados, Éverton Ribeiro principalmente, pois antes, era apenas um bom jogador do Coritiba, e agora é considerado por muitos, o craque do brasileirão.  

Elias marca o primeiro gol da final no Maracanã
Já o Flamengo, conseguiu o que poucos esperavam. Talvez só os flamenguistas acreditassem nesse fato improvável. Antes do torneio começar, o Flamengo já não passava tanta segurança para os torcedores, e no inicio da competição isso foi ficando cada vez mais evidente, trocando de técnico duas vezes, e sem dar sequência em bons resultados. Mas o Flamengo tem mais jogadores que os outros times. 33 Milhões de jogadores incentivaram a equipe a cada passo que o clube dava rumo às finais da Copa do Brasil, e isso ficou mais claro após derrotar o Cruzeiro no Maracanã nas oitavas de final.

Mosaico feito pelos torcedores na final da Copa do Brasil
Sem entrar nos detalhes da conquista das duas equipes, vimos nesse ano uma maior aproximação entre essas duas torcidas e seus clubes. O Flamengo na verdade, nunca esteve afastado de seus torcedores, porém, não vinha tendo aquele público e conexão que um dia tiveram. Nesse segundo semestre, vimos a força da torcida do Flamengo, que transforma brocadores em heróis.

 
Cruzeirense no jogo do título contra o Vitória-BA
Já o Cruzeiro, vinha de duas temporadas pouco empolgantes, o que não deixava o torcedor mineiro com muita expectativa. Esse ano, o cruzeirense teve uma surpresa incrivelmente agradável, assistindo uma equipe inicialmente mediana se tornar gigante, no meio de tantos outros times grandes. No novo Mineirão, a “China Azul” se agigantou junto com a equipe, e reforçados pela frase “Fechado com o Cruzeiro” fortaleceram o elo entre o clube e sua massa que se mantiveram juntos na conquista do campeonato.

Essa foi mais uma das várias representações de que torcida, também ganha jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário